O técnico Tiago Nunes evitou apresentar diagnósticos e fazer avaliações mais aprofundadas da partida do Botafogo contra o Madureira, que terminou 1 a 0, na estreia do Campeonato Carioca. Segundo o treinador, as impressões do jogo neste período são muito contaminadas pela preparação inicial, da parte física.

O elenco, se reapresentou no dia 7 de janeiro mas efetivamente com bola, há apenas uma semana de trabalho de campo com treinos técnicos e táticos. Pesa  o fato de muitos jogadores ainda estarem bem aquém da parte física. Isso interfere na parte técnica, na tomada de decisão. De forma geral, o Tiago Nunes disse que os jogadores conseguiram manter uma boa consistência de atuação até os 10, 15 do segundo tempo.

A ideia do treinador, é olhar mais para as características do jogador e para a funções diferentes que ele pode exercer neste inicio de temporada para realizar testes.

“É um período ainda de testes, de avaliação em vários sentidos, de sistema, de jogadores que vão rodar em posições diferentes, para enxergar o que eles podem nos entregar. O que não vai mudar é o desejo de competir, de ser uma equipe agressiva, que pressione adversário, que tente ser na maioria dos jogos ser uma equipe propositiva, mas que ao mesmo tempo seja consistente e consiga jogar em outros formatos” – disse Tiago Nunes

Categories: Elenco