Após folga, o Botafogo terá um tempo livre para trabalhar. Após o primeiro grupo, que foi completado com as presenças de Luiz Fernando e Jonathan, marcar presença ainda na última passada, todo o elenco voltará a treinar no Estádio Nilton Santos na próxima segunda-feira. O foco, é claro, será entender com maior facilidade os conceitos passados por Eduardo Barroca em campo. 

Os jogadores tiveram cerca de onze dias de parada, desde o começo da Copa América, e, agora, serão submetidos a três semanas de treinamento. Felippe Capella, gerente de preparação física do Botafogo, comentou sobre este tempo para qualificar a equipe.

– É um período bastante interessante para o período final da temporada. Tivemos onze dias de folga, é um período que usamos para diminuir a carga dos atletas, visto a rotina de jogos, treinos e viagens, então é sempre bem-vindo essa oportunidade de dar esse intervalo de recuperação durante a temporada – afirmou, à “Rádio Brasil”.

Eduardo Barroca chegou ao Botafogo pouco antes do início do Campeonato Brasileiro e, portanto, não teve tempo para implementar seu estilo de jogo com clareza. O objetivo inicial do treinador, como o próprio falou, foi pontuar; agora, ele vai se prontificar em melhorar o desempenho da equipe.

– A intertemporada é uma situação também muito bem vista por conta do período que temos para trabalhar a equipe. O Barroca chegou no início do Brasileirão, mas não teve muito tempo para trabalhar, e agora, nessas três semanas, ele terá tempo para desenvolver o que ele acha para a equipe com bastante tranquilidade – analisou Capella.

Via Lancenet