Os áudios vazados do ex-presidente do Botafogo Carlos Augusto Montenegro vem dando o que falar em General Severiano. Entre as várias pessoas citadas no áudio, Rodrigo Pimpão foi o alvo das críticas mais contundentes. Críticas inclusive que vieram algumas vezes ligadas ao nome do treinador interino Bruno Lazaroni, com quem Montenegro conversou antes da partida contra o Goiás.

Procurado pelo jornalista Edgard Maciel de Sá, do globoesporte.com, Rodrigo Pimpão falou abertamente sobre o assunto lamentando as declarações mas mantendo o respeito ao cardeal alvinegro.

‘-Todo torcedor tem direito a ter sua opinião. Se ele me acha um jogador fraco ou não, é a opinião dele. Temos que respeitar. Mas essa atitude não condiz com o Montenegro. Ganhamos uma partida importante e acontece isso.-Afirmou Pimpão.

Montenegro na manhã da partida contra o Goiás havia ido até o hotel dos jogadores para falar palavras de incentivo em virtude do difícil momento atravessado. A figura do ex-presidente que costumeiramente ajuda o clube a pagar os salários dos atletas é muito respeitada pelo grupo.

– Eu respeito muito o Montenegro, um cara que ajudou e ajuda o Botafogo sempre, tanto o elenco como a diretoria. Por isso prefiro acreditar no Montenegro que eu conheço, que foi no hotel na quarta-feira, conversou com o elenco. Desde que cheguei em 2015, eu nunca deixei de treinar e me dedicar. Sempre honrei a camisa do Botafogo em todos os jogos. Todos os que passaram pelo Botafogo, técnicos, jogadores, funcionários, me respeitam. Isso é o mais importante. Vou manter minha atitude da melhor maneira até o fim do meu contrato – disse Pimpão ao GloboEsporte.com.

Apesar do episódio, a trajetória de Pimpão no Botafogo parece caminhar para o fim. O jogador que tem contrato até o final do ano tem conversas de renovação travadas com o clube.

 


1 Comment

ปั้มไลค์ · 11 de outubro de 2019 at 15:17

Like!! I blog quite often and I genuinely thank you for your information. The article has truly peaked my interest.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *