A decisão do presidente Jair Bolsonaro pode ajudar os clubes que defendem a volta do futebol ainda durante a pandemia. considerando as diferentes visões de Luís Henrique Mandetta e Nelson Teich.

Mandetta via a volta das atividades do futebol como uma loucura e defendia o isolamento total da população pelo tempo que fosse preciso. Independente das consequências econômicas.

Essa vídeo inclusive, foi a que desgastou a sua relação com Bolsonaro. Que o demitiu e contratou Nelson Teich, que assim como ele, defende um isolamento parcial. Apenas da população presente no grupo de risco.

A FERJ e clubes como o Flamengo defendem que em maio, o campeonato carioca seja retomado. Para isso, precisa da aprovação tanto do governador do estado quanto do ministro da saúde. Toda articulação com o governador Wilson Witzel já vem sendo feita.

Com o ministério da saúde era um pouco mais difícil, tendo em vista que Mandetta era irredutível em isolar a população enquanto fosse necessário, incluindo atletas. Com a chegada de Nelson Teich, a tarefa parece ser mais fácil.

 

Categories: Elenco

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *