Luis Henrique nem teve tempo de se despedir do Botafogo antes de ir para o Olympique de Marselha (FRA). Ao site “GE”, ele contou que recebeu a notícia na véspera do jogo com o Santos e nem pôde ir ao Estádio Nilton Santos falar com os companheiros.

– Fiquei sabendo que ia viajar no sábado, tive o domingo e um pouquinho da segunda pra me programar, acabou não dando tempo de eu ir no clube. Mandei até mensagem pra todos ali pedindo desculpa por isso. Mas é um até logo. Todos do Botafogo, desde que eu cheguei, foram muito importantes pra mim, me receberam muito bem, me acolheram. Então eu vou levar o Botafogo comigo no meu coração e vou estar torcendo pra ele sempre – afirmou Luis Henrique, que foi a maior venda da história do clube.

– Fico muito feliz, porque ajuda o clube também. Mas eu acho que essa venda vai ser batida logo logo, hein? Tem uns caras aí da base que se Deus quiser vão estar evoluindo muito também e vão bater esse número – adicionou.

Expectativa por encontro com Neymar

Vendido por 12 milhões de euros (cerca de R$ 77 milhões), Luis Henrique confia que vai se adaptar rapidamente à França.

– Eu estou tranquilo em relação ao que eu posso fazer. Vou me entregar bastante no dia a dia pra marcar história e ficar conhecido. Pelo que vi no primeiro treino, acho que eu vou evoluir muito. É um jogo muito rápido, muito intenso, então acho que vou sair daqui bem mais experiente – diz  Luis Henrique, que espera encontrar Neymar nos campos em breve.

– Eu fico ansioso por esse grande jogo com o PSG, acho que é um jogo que todo jogador sonha. Mais ainda eu fico ansioso por jogar perto do Neymar, poder jogar contra ele. Mesmo sendo rivalidade, com certeza uma hora ou outra ali eu vou falar com ele – finalizou.

Fonte: Redação FogãoNET e GE

 

Categories: Elenco