Apesar do gosto amargo da derrota, o técnico Luís Castro se manteve bem com os pés no chão ao longo da entrevista coletiva pós jogo contra o Goiás. Ainda líder do Campeonato Brasileiro, o treinador pontuou o grande momento da equipe deixando claro que o resultado negativo não iria interferir na sequência do seu trabalho.

 Não muda nada naquilo que expectávamos para o campeonato, não muda nada termos perdido. Temos que olhar para o que fizemos de menos bem e ratificar algumas coisas para continuarmos nosso caminho. Vão acontecer coisas boas com certeza no nosso caminho até o final da temporada. Sabemos que temos uma administração junta conosco, uma torcida junta conosco e juntos fazemos uma forte família. A derrota é sempre um momento difícil das equipes, para uma equipe que não perdia há dois meses e oito dias é um sabor mais amargo, porque não o sentimos há muito tempo. Não caiu o mundo, o mundo segue, e vamos seguir com nosso trabalho, nossa confiança em fazer cada vez melhor…Sabíamos que não iríamos atravessar o campeonato sem derrota. Cada jogo tem sua especificidade, o jogo de hoje não tem nada a ver com o próximo jogo da Copa contra o Athletico-PR. Temos trabalhado muito para obter vitórias, temos um grupo muito fechado e unido, que não se deixa abalar por nada. Temos consciência de que hoje não atingimos o que queríamos. Viemos muito animados e motivados como sempre para atingir a vitória. Fomos muito apoiados pela torcida, que se entregou por completo ao jogo, nós também nos dedicamos por completo ao jogo”.

Agora, o Botafogo vira a chave do Campeonato brasileiro e passa a ter o seu foco total na Copa do Brasil, onde enfrentará nesta próxima quarta-feira o Athlético-PR pelas oitavas de final da competição.

Categories: Notícias