Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (18) , o goleiro, que não atua pelo Botafogo desde setembro de 2020, quando sofreu um edema ósseo no joelho, revelou que teve medo de não conseguir se recuperar totalmente e cogitou encerrar a carreira.

” Foi muito difícil todo esse tempo que tive afastado. Estamos tão acostumados com dia a dia, treinamento, concentração e jogo, de repente tudo isso se corta. Foi difícil ficar em casa, assistir aos jogos em casa ou na arquibancada. Tiveram momentos que achava que não conseguiria voltar, até passou pela minha cabeça jogar a toalha, mas minha família, amigos e pessoas do clube me ajudaram. Graças a Deus hoje estou recuperado, treinando com o elenco desde o fim de 2021 e pensando nesse ano, que vai ser muito bom para o clube e quero que seja para mim também”, afirmou Gatito

“Foi um momento muito bom para mim, esperei muito para voltar a estar com o grupo em campo. Foi fundamental para mim. Me sentia bem, mas estar com grupo, concentrado e ver a festa da torcida foi maravilhoso, de arrepiar, fiquei muito emocionado. Foi muito bom fechar o ano dessa maneira”, completou.

Gatito Fernández falou também sobre sua expectativa quanto ao início do novo ciclo do Botafogo com a implantação da SAF no clube.

“Esta nova etapa é muito boa para o clube e os torcedores. É um momento histórico. Espero que a gente possa ajudar em campo para que os investidores vejam a gente trabalhando bem. A gente também tem que ajudar nesta parte”, declarou.

 

Categories: Elenco