Antes da entrevista coletiva do técnico interino Ricardo Rezende, após a derrota para o Goiás, o diretor-executivo de futebol Eduardo Freeland pediu a palavra e citou todo o inconformismo interno pelo atual momento do Botafogo. Além disso, o dirigente comentou a recente troca de treinador que culminou na contratação de Enderson Moreira.

“Hoje, foi um vestiário de muita cobrança. Os atletas sabem que podem dar mais e estão dando mais. Eles estão envolvidos com os objetivos que temos na temporada, mas sabem que podem dar mais. Com a chegada do Enderson, a gente vai mudar o nosso ambiente e começar a colecionar vitórias. Além de muito trabalho, a torcida pode esperar que a gente vai conseguir os resultados e vai conseguir o acesso à Série B. A gente acredita nesse trabalho… É muito natural que exista um inconformismo de todos, e compartilho disso. Um clube do tamanho do Botafogo não pode passar pelo que está passando, e nós estamos trabalhando para que isso aconteça. A última semana foi muito atribulada, houve a saída do Chamusca com os resultados que a gente não esperava. Escolhemos o Ricardo Resende para dar um suporte temporário nesse momento e a gente agradece. Hoje, anunciamos o Enderson Moreira, que tem passagens por clubes importantes, tem dois títulos da Série B. Acreditamos que ele vai contribuir muito”.

Anunciado oficialmente logo após a partida, o técnico Enderson Moreira já comandará o seu primeiro treino a frente do Botafogo nessa quarta-feira, na parte da tarde, dando início a preparação para enfrentar o Confiança, no próximo Sábado, às 16:30 pela 14º rodada da série B.

Categories: Elenco