No final da partida contra o Operário, pelo campeonato brasileiro da série b, que marcou a primeira derrota de Enderson Moreira no comando do Botafogo pelo placar de 1 a 0, o treinador concedeu entrevista coletiva e analisou a partida do glorioso como um todo. Segundo o comandante da equipe, o Botafogo pecou em algumas tomadas de decisão dentro de campo que acabaram sendo fatais, além do estado do gramado por conta da chuva que acabou afetando diretamente a velocidade do jogo.

“É difícil a gente falar de alguma situação. No segundo tempo eles abaixaram as linhas, ficaram mais dentro do próprio campo e a gente teve algumas boas oportunidades de chegadas pelo lado e acabou que a gente se equivocou um pouco na tomada de decisão. Às vezes faltou atravessar a bola com um pouco mais de força entre a linha defensiva e o goleiro para a gente poder tocar. E o gramado foi encharcando também. Com a chuva constante ficou mais difícil e mais lento. Não conseguíamos trocar passe com tanta velocidade… Claro que tem o aspecto de ansiedade também. Você tá perdendo um jogo e começa a querer acelerar um pouquinho, e acaba que você comete erros. A gente buscou até o fim. Criamos ótimas situações. Infelizmente a gente acabou sofrendo o gol e a derrota. A gente sabia muito bem que jogar aqui e em desvantagem é sempre muito complicado porque eles têm uma coisa de picar mais o jogo, tentar evitar que o jogo tenha uma sequência. Mas não dá para ficar lamentando. O que precisamos agora é levantar rapidamente e já preparar para a próxima partida”.

Além das questões acima, o treinador também ressaltou o claro pênalti não marcado pela arbitragem, que após a cabeçada de Gilvan a bola acaba batendo na mão do atleta da equipe adversária dentro da área, e no fim, contribuiu para o revés alvinegro.

“A gente não tem controle sobre essas questões, é difícil poder falar. Da posição que eu estava, a gente teve a noção clara que a bola pegou no braço do jogador. Às vezes a gente tem o VAR e ainda tem situações equivocadas. Acho que a gente merecia o resultado diferente, criou situações, a gente precisava estar mais concentrado para aproveitar melhor essas oportunidades. A gente não tem que ficar lamentando, sabemos que o time tem muito a crescer. Temos a expectativa de entrar no G-4, mas tem muito campeonato pela frente e espero voltar a vencer e pontuar já no domingo”.

Visando virar a página e retornar para o caminho das vitórias, o Botafogo enfrentará no próximo domingo o Brasil de Pelotas, lanterna da competição, pela penúltima rodada do campeonato brasileiro da série B.

Categories: Elenco