A CBF liberou, e alguns clubes como o Cruzeiro em Minas Gerais já começaram a se movimentar visando o retorno do público nos estádios dentro do campeonato brasileiro da série B. Considerando iminente a volta dos torcedores as arquibancadas, o Botafogo se posicionou sobre o assunto em nota oficial, pedindo que situação seja tratada de uma forma igual a todos clubes para que não haja desiquilíbrio no campeonato.

Apesar da liberação da CBF, para que os clubes possam mandar os seus jogos com público, dependem também das prefeituras locais, que se apresenta como um problema. Por exemplo, a prefeituras como a de Belo Horizonte e Brasília, permitem jogos com torcida em seu munícipio. O mesmo, não acontece no Rio de Janeiro com o Eduardo Paes.

Confira a nota oficial do Botafogo completa:

“O Botafogo de Futebol e Regatas vem a público se manifestar sobre a iminente realização de partida com a presença de torcida no Campeonato Brasileiro Série B.

O posicionamento é direto e claro: o Botafogo é contra qualquer tipo de privilégio e exceção que não atenda a totalidade dos clubes. O princípio da isonomia é um pilar fundamental e que deveria ser uma premissa inabalável quando se trata de uma competição. 

Permitir o desequilíbrio esportivo é inaceitável, além de uma ameaça à segurança jurídica do torneio. 
Ter que abordar este tema é um retrocesso histórico que nos leva a reflexões sobre o produto futebol brasileiro. Desigualdades, distorções, benefícios especiais e falta de critério colocam em xeque o modelo e o produto, impactando diretamente na performance da indústria do futebol.   

O Botafogo está acompanhando com atenção as determinações das autoridades sobre o retorno de público. O Clube defende que ocorra de forma segura e isonômica, atendendo as orientações das autoridades sanitárias e considerando a realidade dos estados e municípios envolvidos na competição, com um denominador comum entre todas as agremiações participantes.

Botafogo de Futebol e Regatas”

Categories: Elenco