Matéria publicada pelo site futrio.com

Durou pouco a passagem de Jobson pela Portuguesa. O jogador de 31 anos de idade acertou a sua saída do clube neste meio de semana e não faz mais parte do elenco comandado por Rogério Corrêa. Ao todo, Jobson esteve em campo defendendo a camisa do time da Ilha do Governador por apenas 45 minutos. O condicionamento físico foi um dos fatores para a pouca utilização dele na Lusa.

image

Segundo o FutRio apurou, o tempo de Jobson em campo não iria aumentar. O técnico Rogério Corrêa não via no atacante uma opção para o time e comunicou o atleta. O jogador também não treinou durante esta semana. Desta maneira, a saída do clube da Ilha do Governador ficou mais facilitada.

Jobson só foi relacionado duas vezes, ambas durante a campanha do time na Seletiva do Campeonato Carioca. Ficou no banco de reservas na vitória sobre o Friburguense por 2 a 0, mas não foi utilizado. Depois entrou no segundo tempo do jogo diante do Macaé, quando a equipe insulana vencia por 2 a 0 e acabou tomando o empate justamente nesta etapa complementar.

Jobson surgiu para o futebol nacional no Botafogo, na temporada de 2009, quando liderou a fuga da equipe do rebaixamento no Brasileirão naquele ano. Rodou por times como Brasiliense (DF) – equipe que o revelou – Atlético (MG), Bahia e São Caetano (SP), mas seu histórico ficou marcado pelas diversas controvérsias e polêmicas de sua vida fora do campo.
A Lusa volta aos gramados neste final de semana, no domingo, dia 26 de janeiro, às 16h, no Luso Brasileiro, contra o Resende. O confronto terá cobertura em tempo real do Placar FutRio.
Se inscreva no nosso canal do Youtube:

1 Comment

ปั้มไลค์ · 24 de janeiro de 2020 at 15:11

Like!! Thank you for publishing this awesome article.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *