Após o empate em 1 a 1 contra o Vila Nova na estreia da série B, o treinador Marcelo Chamusca foi questionado de duas, das cinco substituições que fez no segundo tempo. As entradas de Felipe Ferreira e Marcinho, que mais uma vez não surtiram efeito, foi um, dos motivos de insatisfação dos torcedores.

“As substituições foram feitas levando em consideração ao aspecto físico. Tanto Ronald como o Marco Antônio já acusavam uma queda de performance, principalmente o Ronald. Ele já estava com um pouco de dificuldade de pressionar a saída do adversário e de recompor. O Marco Antônio a mesma coisa. A gente colocou os dois jogadores, Felipe o Marcinho, com o intuito de a gente melhorar o nosso jogo ofensivo e ter jogadores descansados que pudessem pressionar, já que o adversário estava com um jogador a menos, com mais qualidade e agressividade. Essa foi a intenção das substituições”.

Além da insatisfação com os jogadores que entraram, nas redes sociais os torcedores questionaram a não utilização de Ênio, que permaneceu os 90 minutos no banco de reservas, e do meia Cesinha, que sequer foi relacionado por opção técnica do treinador.

Categories: Elenco