Após a derrota por 3 a 1, contra o Náutico, no estádio dos Aflitos, o técnico Marcelo Chamusca concedeu entrevista coletiva aos jornalistas e, apesar do resultado, elogiou a atuação da sua equipe. Segundo o treinador, a arbitragem foi determinante na construção do placar negativo.

“Nós tivemos uma boa atuação. Se você observar a estatística, nós fomos mais assertivos. Finalizamos mais no alvo do que o adversário. O Náutico finalizou quatro vezes, com dois pênaltis. O Botafogo acertou oito finalizações. Tivemos na maior parte o controle do jogo, as melhores chances. No escanteio que o árbitro deu, eles foram felizes e fizeram o gol. Náutico tem bom batedor e jogadores que ocupam o espaço e atacam a bola. Se a gente for falar de desempenho, saio com sentimento positivo. A gente performou, competiu, teve espírito… O resultado é ruim, mas dentro da normalidade da Série B. O Náutico não é líder por acaso. Perdemos com interferência da arbitragem. O que aconteceu aqui hoje fora do campo beira o absurdo. Tinha representante da federação pernambucana escondendo a bola. No intervalo, o árbitro não conseguiu sair pelas pressões. No segundo tempo, ele marcou dois pênaltis. A competição é assim”.

Com a derrota, o Botafogo estacionou nos 8 pontos, mas conseguiu se manter dentro do G4 na quarta colocação. Sem estádio para atuar, a equipe comandada por Marcelo Chamusca terá uma semana cheia para treinar, já que o confronto, que seria no próximo dia 23, contra o CSA, teve de ser adiado. O glorioso voltará a campo só no próximo final de semana, quando irá ao Maranhão enfrentar o Sampaio Correa.

Categories: Elenco