O CEO do Botafogo, Thairo Arruda, rebateu publicamente às acusações feitas pelo ex-presidente do Corinthians no programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta, que foi ao ar no último domingo. Dentre as declarações, o mandatário paulista disse:

”A SAF do Botafogo é uma mentira! Está em primeiro lugar e ninguém fala… Salário atrasado, pegando dinheiro emprestado em banco, fazendo carta de crédito que lá Deus sabe como… Só que  em primeiro, aí ninguém fala nada!… Não sou contra SAF, sou a favor de SAF. No Corinthians, não, porque o Corinthians é muito grande, é autossuficiente. Agora, o Botafogo está em primeiro lugar e ninguém fala nada…  pegando dinheiro emprestado em banco, não  pagando… Vou vender um jogador emprestado, 400 mil dólar, depois vou emprestar, aí vende por 10 milhão de dólar… Pô, nós vivemos no Brasil, porra! Aquele Jeffinho que eles venderam lá. Era emprestado, no dia seguinte era 1 milhão, depois virou 10 milhão!”

Um dia depois, após a repercussão das falas de Andrés, o CEO do Botafogo utilizou as suas redes sociais para desmentir boa parte das acusações que foram realizadas.

”Andrés Sanchez é uma figura conhecida no futebol brasileiro e que tem essa característica peculiar de agir, mas também nunca lhe faltou humildade de reconhecer erros. Respeitamos o Corinthians, com quem temos uma ótima relação através do Presidente Duílio, e não vamos inflamar polêmicas. Caso Andrés queira conversar para entender melhor a dinâmica de uma SAF, estamos à disposição para esclarecimentos. Sobre salários atrasados e outras inverdades, isso naturalmente não procede. Bom dia a todos”. – respondeu Thairo Arruda

Esse foi até então, o único posicionamento de alguém de dentro do Botafogo sobre o assunto. Oficialmente, ainda não houve informações se no site oficial sairá alguma nota se defendendo das acusações ou se alguma medida legal será tomada.

Categories: Elenco