As polêmicas da arbitragem concentraram, em um primeiro momento, as atenções. O Botafogo ficou na bronca com árbitro Caio Max Augusto Vieira na derrota de virada para o Internacional, neste sábado, no Beira-Rio. Mas a postura e a atuação do time dão esperança na luta contra o rebaixamento no Brasileiro.

Gerente de futebol do Botafogo, Túlio Lustosa analisou a sequência de resultados sob o comando de Eduardo Barroca, que foi desfalque nos dois primeiros jogos em função da covid-19 e reestreou contra o Inter.

“A partir da chegada do Barroca, nós sabíamos que teríamos três adversários dificílimos. Primeiro, um rival (Flamengo), um clássico. Esperávamos pontuar nesta partida, os atletas tiveram uma atitude positiva. Contra o São Paulo, não foi o fato de ter perdido o jogo que desagradou. Foi a postura da equipe, a falta de atitude”, declarou Túlio, à Botafogo TV.

“Nesta semana, demos ênfase nisso. Fizemos um pacto para mudar essa postura e eles (jogadores) cumpriram. Foi completamente diferente, o time jogou melhor que um adversário (Inter) que venceu o Boca Juniors no meio de semana. Foi digno e fez o torcedor retomar a esperança de sair dessa situação”, acrescentou.

Botafogo agora é lanterna

De fato, o Botafogo teve outra postura contra o Inter. O time teve uma atuação segura, mas faltou criar mais chances reais de gol e foi castigado em lance polêmico que resultou no segundo gol colorado.

O Botafogo tinha falta a favor. O lateral-direito Kevin parou a bola e, com o pé, tocou para trás, aparentemente com o desejo de que Diego Cavalieri, de fato, executasse a cobrança, mas Yuri Alberto interceptou o passe e fez o gol.

O árbitro Caio Max Augusto Vieira, de costas, não viu o lance. Os jogadores do Inter, então, pressionaram pela validação do gol. O VAR entrou em ação e o juiz foi ver as imagens. O árbitro deu gol, entendendo que Kevin cobrou a falta.

Esta não é a única reclamação do Botafogo. No primeiro tempo, Rodinei, que já estava amarelado, colocou a mão na bola. Os jogadores do clube carioca e o técnico Barroca pressionaram por mais um amarelo e a expulsão, mas o lateral-direito não foi punido.

Com a derrota de virada, o Botafogo perdeu uma posição na tabela e agora segura a lanterna do Campeonato Brasileiro. O Fogão está na 20ª colocação, com 20 pontos (o Goiás tem a mesma pontuação, mas leva vantagem no critério de desempate por ter uma vitória a mais). Na próxima rodada, o clube carioca tem um jogo direto na luta contra a degola: encara o Coritiba, atualmente no 18º lugar, sábado, às 21h, no Couto Pereira.

Fonte: TERRA

Categories: Notícias