O Botafogo enviará, pela segunda vez só neste ano, um ofício a CBF reclamando da arbitragem. A alegação é de que mais uma vez, um erro da arbitragem influenciou diretamente no resultado da partida. O clube entende que é um dos clubes mais prejudicados nesse campeonato e busca esclarecimentos da entidade.

]O lance da vez, é a penalidade marcada após a bola bater na mão do zagueiro Marcelo Bennevenuto. De fato, a bola bate na mão do atleta. Porém, a regra diz claramente que se a bola bate em outra parte do corpo, e consequentemente depois atinge o braço, não é pênalti. O juiz, mesmo olhado o VAR, passou por cima da regra.

Além do lance a favor do time baiano, o Botafogo reclama de um pênalti não marcado em Bruno Nazário, após uma chegada do zagueiro Lucas Fonseca. Na ocasião, o árbitro sequer foi olhar o VAR.

O Botafogo espera mudanças e já quer ver reflexos do seu ofício na partida diante o Bragantino, na próxima segunda-feira.

Categories: Notícias