Botafogo e América-MG entraram em acordo na tarde dessa terça-feira para que Bruno Nazário fique de fora da partida de logo mais, contra o Moto Club, no Maranhão.

Fora dos planos do glorioso, Bruno Nazário já havia sido liberado para procurar um novo clube para o restante da temporada. Com a chegada de Chamusca, a mentalidade mudou e o Botafogo foi atrás do jogador tentando uma renovação até o fim do ano a pedido do treinador.

Quando decidiu voltar atrás, já era tarde. Um acordo entre Nazário e América-MG já havia sido feito.

Com contrato até o fim do campeonato carioca, o jogador segue no plantel do Botafogo e até então seguiria no time tiular no jogo de hoje. Mas por conta do regulamento, se jogasse com a camisa alvinegra, estaria impedido de atuar posteriormente com a camisa do América.

Por conta disso, o presidente da equipe mineira pediu “bom senso” da diretoria do Botafogo que atendeu ao pedido e tirou o jogador, que inclusive está no Maranhão com o grupo, da partida.