Dois dias após a derrota para o Flamengo, uma aparição pouco comum na sala de imprensa do Estádio Nilton Santos. Gerente de futebol do Botafogo, Anderson Barros concedeu entrevista coletiva. Julgou seu encontro com os jornalistas seria mais oportuno do que um de jogador após duas derrotas. E a entrevista foi produtiva.

Embora as dificuldades financeiras do Botafogo não sejam novidade, Anderson fez questão de que tal situação não pode ser usada como desculpa para resultados ruins.

– O mais importante é termos consciência sim de que a situação financeira é delicada. Mas o futebol não pode ficar atrás disso. Temos que entender que é um momento que o clube vive. E não é de hoje. Temos dificuldades para contratar? Temos, mas não podemos nos justificar o tempo inteiro atrás de uma situação financeira. Situação que a gente já vem administrando há alguns anos. Situação que temos capacidade de administrar – afirmou.

Anderson Barros em entrevista coletiva (Foto: Fred Gomes)Anderson Barros em entrevista coletiva (Foto: Fred Gomes)

Durante a coletiva, Anderson também falou bastante sobre a situação de Jefferson e destacou que o goleiro está fora dos dois próximos jogos.

Em relação ao time, o gerente observou evolução na equipe mesmo nas derrotas para Corinthians e Flamengo, ambas por 2 a 0. Mas destacou a necessidade de somar pontos nos próximos compromissos.

– O Botafogo é isso. Nosso torcedor cobra, nosso torcedor sente, e isso faz parte. Sabíamos que na volta da Copa tínhamos dois jogos complicados por natureza. Jogamos com o Corinthians na casa deles e jogamos com o Flamengo como mandante no Maracanã. Time se portou bem contra o Corinthians tendo tomado gol no início, como aconteceu contra o Flamengo.

– O jogo com o Flamengo era extremamente perigoso. Se o adversário faz mais um, já viraria uma goleada. Temos um jogo quinta-feira com a Chapecoense, temos jogo com o Inter, em Porto Alegre, e o primeiro da próximos fase Sul-Americana. Temos obrigação de buscar bons resultados.

Confira mais tópicos da coletiva

Espera vender jovens ainda nesta janela?
Há um planejamento, há uma necessidade de negociação, mas o Botafogo precisa entender o mercado. Matheus Fernandes e Igor Rabello, que têm normalmente seus nomes veiculados, vão acabar acontecendo em algum momento caso não aconteçam agora (negociação). E outros jovens também.

Salário de junho em atraso
Botafogo pagou os salários de maio, tanto dos atletas quanto dos funcionários. Temos a pendência do mês de junho sim. Normalmente o Botafogo paga até o dia 10. Temos a necessidade de quitar com atletas e funcionários.

Comportamento de Aguirre
Contra o Corinthians, acho que quando ele tomou o amarelo já poderia ter recebido o vermelho. Contra o Fla, acredito que poderia ter tomado só amarelo. O mais importante é que precisamos entender que Aguirre é um jovem. Foi um investimento que o clube fez, e precisamos tirar o retorno dele. Precisamos entender para tirarmos o melhor dele.

Tem 23 anos, está se dedicando. Não está conseguindo render, mas acho que precisamos de um pouco de equilíbrio para entender o momento. Sabemos que ele tem qualidade e precisamos entender uma forma de tirar dele a melhor posição técnica.

Perfil de Saulo e muitos elogios
Menino que tem nos mostrado no dia a dia da sua qualidade. O parecer do Flavio Tênius é fundamental. São sempre elogios. Fiquem tranquilos que o Saulo está pronto. Já falamos disso quando o Jefferson tratava da aposentadoria. Flávio (Tenius, preparador de goleiros) sempre nos disse: “O Saulo está pronto”. O Botafogo pode ficar tranquilo se o Saulo tiver que ficar por algum tempo. Logicamente queremos que Jefferson e Gatito voltem logo. Gatito já está de luva, já está no campo. Mas ainda falta impactar a bola no campo contra a mão dele.

Botafogo tem dois grandes goleiros. O Saulo é um garoto nosso. Entrou aos sete e oito minutos contra o Flamengo e perdendo por 2 a 0 no Maracanã. Mostrou muita tranquilidade. Foi uma grande surpresa para nós apesar de o acompanharmos o dia a dia dele.

Logicamente esperamos que Gatito e Jefferson se recuperem logo, mas podemos contar com o Saulo.

Conteúdo de Globoesportes