fbpx

Luiz Fernando em ação pelo Botafogo em jogo contra o Bahia

O Botafogo deixou a Copa Sul-Americana após ser superado nos pênaltis pelo Bahia, no Nilton Santos, nessa quarta-feira (4), pelas oitavas de final da competição. Com isso, o clube carioca embolsará a quantia geral de 920 mil dólares (cerca de R$ 3,5 milhões) pela participação no torneio.

As dificuldades financeiras vividas pelo Glorioso em 2018 não são novidade. Apesar da expectativa de que a equipe fosse mais longe, a quantia já servirá como desafogo para o pagamento de salários.

De acordo com o apurado pelo LANCE!, o Botafogo pedirá um adiantamento da última fase – aproximadamente 370 mil dólares (R$ 1,43 milhão) – à CBF, que é responsável por repassar a verba aos clubes brasileiros. O destino, como já esperado, será a folha salarial dos funcionários.

O Botafogo, hoje, deve os meses de agosto e setembro para os jogadores, enquanto a maioria dos colaboradores já recebeu agosto. Cabe destacar ainda que, além da eliminação precoce na Copa do Brasil, cujas premiações são recordes neste ano, a não venda de pratas da casa, principalmente Matheus Fernandes e Igor Rabello, prejudicou o andamento de 2018 no quesito financeiro.

As premiações da Sul-Americana

1ª Fase – 250 mil dólares (R$ 975 mil)

2ª Fase – 300 mil dólares (R$ 1,17 milhão)

Oitavas de final – 370 mil dólares (R$ 1,44 milhão)

Quartas de final – 450 mil dólares (R$ 1,75 milhão)

Semifinal – 550 mil dólares (R$ 2,14 milhões)

Vice-campeão – 1,2 milhão de dólares (R$ 4,70 milhões)

Campeão – 2,5 milhões de dólares (R$ 9,75 milhões)

Conteúdo de UOL

Categorias: DestaquesNotícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *