Mufarrej não vê problemas em trocas de técnico: ‘O importante é acertar’ – Resenha Alvinegra

Nelson Mufarrej - Botafogo

O Botafogo tem passado por uma situação incomum em 2018: a constante troca de treinadores. Anunciado no último sábado, pouco antes do Glorioso receber o Santos e empatar em 0 a 0 pelo Campeonato Brasileiro, Zé Ricardo será o quarto treinador na temporada, em oito meses passados.

Zé, cujo vínculo expirará ao fim do Carioca de 2019, chega para substituir Marcos Paquetá, contestado antes mesmo de estrear e demitido após cinco partidas – com quatro derrotas e uma vitória no período. Entrevistado pela “Rádio Globo”, Nelson Mufarrej, presidente do Alvinegro, vê com naturalidade o contexto atual, além de desejar muito sucesso ao novo comandante.

– Já era uma contratação que nós estávamos visando e tentamos após a saída do Valentim, entretanto ele justificou para nós que havia o interesse do futebol de fora do país, mas não deu seguimento. O Zé Ricardo conhece muito bem esse elenco do Botafogo. Pelas redes sociais a gente pode dizer que é unanimidade a contratação dele. Boa sorte, Zé Ricardo. Desejamos isso de todo o coração botafoguense – disse o mandatário, completando sobre Paquetá:

– Primeiramente, quero agradecer ao Marcos Paquetá pelo trabalho que foi feito, infelizmente a coisa não aconteceu como esperávamos. Desejo muita sorte a ele e quero dizer que o Botafogo está sempre aberto para ele. Faz parte de contratar um, dois, três ou quatro (técnicos), o importante é acertar. Infelizmente essas coisas acontecem, nós temos que continuar trabalhando para que não venham acontecer outros fatos seguintes.

https://twitter.com/Botafogo/status/1026165098728116230

Um outro assunto abordado pela emissora é o tempo de vínculo de Zé Ricardo, abril, cujo período para fim de contrato é incomum no futebol brasileiro. Mufarrej, contudo, externou confiança para uma extensão de acordo.

– Foi discutido entre as partes, evidentemente que ele preferiu até o fim do Carioca, talvez para ter uma visibilidade maior sobre o Botafogo. E tenho certeza que ele irá ter uma renovação. Primeiro vai assumir, se vai renovar ou se vai ficar, vamos da continuidade ao Botafogo. Botafogo precisa de muita tranquilidade, e acredito que já estamos ultrapassando esses problemas.

Zé Ricardo chega com o auxiliar Cléber Santos, que, inclusive, assistiu à partida entre Botafogo e Santos no Nilton Santos, enquanto Zé estava fora do Rio. A tendência é que o treinador de 47 anos seja apresentado nesta segunda-feira.

Conteúdo de Lancenet

Categorias: DestaquesNotícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *