A posição de centroavante está vaga no Botafogo e ainda não há um jogador que possa ser considerado titular no lugar de Diego Souza. O clube não deve buscar uma reposição no mercado para a saída do camisa 7, que rescindiu nesta semana, já que o Alvinegro busca reduzir a folha salarial do elenco. Até o momento, o Botafogo vai apostar no elenco que já tem em General Severiano. Dirigentes ouvidos pelo GloboEsporte.com afirmam que novas contratações só ocorrerão caso haja saída de algum jogador.

Entre os oito atacantes disponíveis para Alberto Valentim no plantel, quatro são centroavantes de origem e candidatos a começar o ano na posição que foi de Diego Souza durante boa parte da temporada passada: Igor Cássio, Pedro Raul, Rafael Navarro e Vinicius Tanque.

Vinicius Tanque é uma das possibilidades de centroavante para o Botafogo no início desta temporada — Foto: Vítor Silva/Botafogo

Vinicius Tanque é uma das possibilidades de centroavante para o Botafogo no início desta temporada — Foto: Vítor Silva/Botafogo

 

A renovada linha de frente do Botafogo neste início de 2020 não conta com nenhum jogador acima dos 24 anos. O mais experiente é Vinicius Tanque, revelado pelo próprio clube, que esteve emprestado parte da temporada passada ao CD Mafra (Portugal) e não é muito querido pela torcida – foi o terceiro mais votado na barca do Glorioso para 2020, atrás apenas de Marcos Vinicius e Victor Rangel.

Igor Cássio é outra cria de General Severiano. Com 21 anos, ele marcou dois gols em 18 jogos pelo Botafogo na temporada passada e foi mais utilizado na reta final, junto de Rhuan e Diego Souza, principalmente.

Pedro Raul (23) e Rafael Navarro (19) são dois atacantes que estiveram na campanha de acesso do Atlético-GO em 2019. Emprestado pelo Vitória de Guimarães, o primeiro foi titular em boa parte da temporada e marcou 14 gols em 47 jogos, enquanto o segundo chegou ao Botafogo em outubro para a categoria sub-20, mas não a tempo de ser inscrito na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Apesar disso, já vinha sendo observado por Alberto Valentim.

Mas, caso o técnico opte por não jogar com nenhum centroavante de ofício, ainda há outras opções. Além do peruano Alexander Lecaros quese apresentou dizendo que prefere atuar pela direita, o treinador pode escolher por outros garotos com passagem pela base alvinegra e já conhecidos da torcida. São os casos dos garotos Lucas Campos, Luis Henrique e Rhuan.

Alexander Lecaros é um dos reforços do Botafogo para o ataque neste início de temporada — Foto: Vítor Silva/Botafogo

Alexander Lecaros é um dos reforços do Botafogo para o ataque neste início de temporada — Foto: Vítor Silva/Botafogo

Todos os oito atacantes do elenco viajam para o China Park, em Domingos Martins, no Espírito Santo, neste domingo. Lá, o elenco principal fará a pré-temporada até o dia 24 de janeiro e começa a disputa do Campeonato Carioca apenas a partir da terceira rodada, quando o Botafogo enfrenta um dos times que avançam da seletiva do estadual, no último fim de semana do primeiro mês do ano.

Link para matéria original: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/apos-acordo-para-saida-de-diego-souza-botafogo-nao-deve-buscar-atacantes-no-mercado.ghtml


1 Comment

ปั้มไลค์ · 10 de janeiro de 2020 at 09:10

Like!! Great article post.Really thank you! Really Cool.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *