Contratado no início de abril por empréstimo, Jean só fez a sua estreia na última quarta, contra o Audax Italiano-CHI, pela Copa Sul-Americana, e atuou apenas nos minutos finais do empate em 1 a 1. Para o volante, no entanto, é comum que a sua trajetória no Botafogo vá de “pouquinho a pouquinho”.

– Quando cheguei o Valentim disse que a oportunidade chegaria com o tempo. Assim foi bom porque fiquei cinco meses sem jogar e estava fisicamente abaixo dos demais. Hoje pude entrar, pegar ritmo, voltar a sentir esse gostinho de jogar… Estou feliz por fazer minha estreia com a camisa pesada desse grande clube. De pouquinho a pouquinho vai indo – completou Jean, na zona mista.

Jean está emprestado pelo Corinthians até o fim da temporada, que se imagina ter concorrência entre o atleta ex-Vasco, Marcelo, Gustavo Bochecha e Dudu Cearense por mais espaço no time de Alberto Valentim. Além, é claro, dos atuais titulares: Matheus Fernandes e Rodrigo Lindoso. 

Sobre o jogo contra o Audax, no qual ele atuou por menos de dez minutos, Jean seguiu a linha da maioria dos alvinegros e admitiu que as oportunidades desperdiçadas levaram o Glorioso a passar sufoco nos minutos finais. 

– Ele me colocou para conter esse meio de campo deles. Tivemos oportunidades para matar o jogo e acabamos sofrendo no final. Totalmente compreensível (vaias do torcedor), pois vem querendo um placar de 4 a 0. Sul-Americana é diferente. Hoje parecia que a bola não queria entrar. Quando isso acontece, é importante minimizar os erros durante o jogo. Estamos criando uma identidade no Botafogo – completou o jogador de 23 anos. 

O Botafogo de Jean avançou à segunda fase da Copa Sul-Americana. Agora, volta a focar no Campeonato Brasileiro, onde, na segunda-feira, recebe o Fluminense no Estádio Nilton Santos.

Conteúdo Lancenet

 

Clique AQUI e garanta o seu manto alvinegro.

topper

 

Categorias: Elenco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *