Japonês afirma que ficará no clube e se unirá aos companheiros para tirar Botafogo do Z-4

Keisuke Honda voltou às redes sociais na noite deste sábado após a derrota por 1 a 0 para o Flamengo no Nilton Santos e reafirmou seu compromisso com o Botafogo. Depois de ameaçar deixar o clube em razão da troca de mais um técnico, o japonês disse que fará um esforço junto aos companheiros para sair dessa situação.

– Eu não tenho palavras porque sei como se sentem… Mas eu não vou sair e vou fazer um esforço para mudar essa situação com meus companheiros de time – escreveu.

O Botafogo é o penúltimo colocado do Brasileirão, com apenas 20 pontos e não vence há oito rodadas. O clássico com o Flamengo marcou o retorno de Eduardo Barroca ao comando do clube. Ele é o quinto técnico alvinegro na temporada, e a situação gerou um desconforto em Keisuke Honda na última semana.

Também por meio do Twitter, o meia disse que começaria a pensar em sair do Botafogo caso os dirigentes não o convencessem do contrário. Depois de conversar com os companheiros de time, o técnico Eduardo Barroca e o gerente de futebol Túlio Lustosa, Honda acalmou os ânimos e se disse arrependido da declaração anterior.

Fonte: GE
Categories: Notícias