fbpx

Afundado na tabela do Brasileiro, em 15º lugar, dois pontos acima da zona de rebaixamento, o Botafogo terá sequência fundamental na luta contra a degola. Nas próximas seis rodadas, o time enfrentará nada menos do que cinco rivais diretos na ingrata tarefa de fugir do Z-4.

A série começa domingo, às 11h, diante do América-MG, no Nilton Santos. Hoje, o time mineiro ocupa o 11º lugar, com quatro pontos a mais do que o Alvinegro. Na outra rodada, no dia 23, o adversário será o Vitória, no Barradão. A equipe baiana conseguiu reagir com o técnico Paulo César Carpegiani e está em 12º lugar, três pontos à frente do Glorioso.

No dia 30, novamente em casa, o Botafogo não terá um rival direto, mas a tarefa está longe de ser tranquila. Recebe o São Paulo, vice-líder do Brasileiro. Uma semana depois, fará um clássico que promete fortes emoções: encara o Vasco, hoje em 16º lugar, dois pontos atrás.

No dia 14 de outubro, vai pegar o Ceará, no Castelão, rival que está hoje em 18º lugar, a três pontos de distância, mas que vem tendo impressionante reação. A série termina com o Bahia, dia 21, no Nilton Santos, equipe que está duas posições acima na tabela, com dois pontos a mais do que o Alvinegro.

O pior é que, no turno, o Botafogo conseguiu vencer somente o Vasco nessa sequência. Perdeu para América-MG (1 a 0) e São Paulo (3 a 2), e empatou com Vitória (1 a 1), Ceará (0 a 0) e Bahia (3 a 3).

Ontem, o vice de futebol Gustavo Noronha teve longa conversa com o capitão Carli à beira do gramado. “Precisamos melhorar e estão todos focados. Não pode faltar e não vai faltar o empenho de todos. Vai dar certo e vamos sair dessa situação na tabela”, declarou Noronha ao site ‘GloboEsporte.com’.

Conteúdo de O Dia

Categorias: ElencoNotícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *