fbpx

Gilson arrisca o passe no treino do Botafogo no Estádio Nilton Santos

A apertada vitória sobre o Corinthians na rodada passada manteve o Botafogo fora da zona de rebaixamento no Brasileiro. E para se safar no fim da competição, o mais importante é não se desesperar para não voltar a ficar em situação complicada

Com 17% de risco de queda para a Série B, de acordo com o matemático Tristão Garcia, O Botafogo volta suas atenções para o clássico com o Flamengo, sábado, no Nilton Santos. O grupo sabe que é complicado, mas um novo triunfo deixa o clube na boa para fugir de vez do Z-4. “É jogo a jogo. Estamos encarando cada partida como se fosse a última. Agora, o foco total é o compromisso diante do Flamengo, e vamos encarar com mais uma decisão”, disse o lateral-esquerdo Gilson.

Na 14ª posição com 38 pontos, a vitória na rodada passada foi fundamental para elevar a esperança dos jogadores e, principalmente, da torcida de que a vaca não vai para o brejo. Gilson relembrou que um tropeço recente em casa deixou o clima mais pesado em General Severiano, mas agora a situação está bem mais calma por causa do resultado do final de semana.

“Foi um alívio grande. Vínhamos de uma derrota em casa (1 a 0 para o Bahia) e não podemos perder pontos assim. Essa vitória diante do Corinthians nos deu, sem dúvidas, uma tranquilidade para o clássico que se aproxima”, afirmou o jogador.

JEAN É DÚVIDA

Principal homem de marcação no esquema de Zé Ricardo, o volante Jean ainda não sabe se terá condições de pegar o Flamengo. Substituído no segundo tempo contra o Corinthians por causa de dores na coxa esquerda, o jogador foi reavaliado ontem na reapresentação do grupo. Se ele não jogar, Matheus Fernandes e Bochecha são as opções.

Conteúdo de O Dia

Categorias: DestaquesNotícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *