Apesar das conversas adiantadas para ter Matheus Babi, o Athlético Paranaense ainda não chegou a um acordo sobre valores e percentuais que deixará ao Botafogo, detentor de 40% de taxa de vitrine.

O furacão já acertou tudo com o jogador e com o Serra Macaense, detentor dos direitos econômicos de Babi. Porém, o Botafogo tem uma cláusula contratual que lhe permite embarreirar qualquer proposta abaixo dos 3 milhões de euros e também precisa ser convencido.

O Botafogo quer algo entre 2 e 3 milhões de reais e ainda permanecer com 10% do atleta. O Athlético Paranaense tem estado em conversas para adaptar os valores pedidos que não possuem tanta distância do que foi oferecido.

Durante a semana, mais uma reunião entre as duas partes está marcada e pode selar o negócio de forma oficial.

Categories: Notícias