fbpx

Com o acerto para a contratação do volante Jean, junto ao Corinthians, o Botafogo coloca em prática mais uma vez a estratégia de mercado que promete, segundo a diretoria, ser a tônica da atual temporada.

– Em termos de contratação, a ideia é trazer jogadores por empréstimo, alguns com direitos fixados para a possibilidade de exercermos a compra no futuro – explicou o presidente alvinegro, Nelson Mufarrej, que aguarda o fim da burocracia para a chegada do jogador ao Rio.

Jean, que defendeu o Vasco em 2017, mas não teve espaço no elenco do Corinthians nos primeiros três meses de 2018, chega por empréstimo até o fim da temporada. Ele se junta ao atacante uruguaio Aguirre, que por sua vez veio emprestado pela Udinese, da Itália, como reforços para a disputa do Brasileirão.

Ao mesmo tempo em que aposta nos empréstimos para trazer jogadores, o Botafogo usou do mesmo modelo de negócio para se livrar temporariamente de um: o lateral-direito Arnaldo está a caminho do Ceará.

O discurso da diretoria é não dar passos maiores do que as pernas. O assunto dinheiro é sempre delicado, mesmo com a chegada recente de R$ 3,5 milhões, referentes à premiação pelo título carioca.

– O jogo está bom, está interessante – comentou Mufarrej, sobre o comportamento do clube no mercado.

O presidente do Botafogo, ao mesmo tempo, aposta na integração do atual elenco para que o time não faça feio nas competições que ainda tem pela frente: Brasileirão e Sul-Americana.

– O planejamento é o mesmo, a integração total que temos e com comissão técnica e jogadores. A coletiva depois do título mostra isso. Estamos procurando uma coordenação plena, sob a liderança do Alberto Valentim, do Anderson Barros e do Gustavo Noronha – comentou.

 

Categorias: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *