Bebeto de Freitas será enterrado na manhã desta quinta-feira.

Após muitas homenagens de personalidades do esporte, familiares e amigos, e velórios na sede do Atlético, em Belo Horizonte, e na sede do Botafogo, no Rio de Janeiro, Bebeto de Freitas será enterrado nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, provavelmente no cemitério São João Batista. O velório, que terá prosseguimento no cemitério, será reservado a amigos e familiares, que esperam a chegada de uma das filhas de Bebeto, que está em Boston, nos Estados Unidos. Ele será enterrado nesta quinta-feira (15) no Rio.

O corpo do diretor administrativo do Galo chegou ao Rio de Janeiro no início da tarde desta quarta-feira. Após a demora para a liberação do corpo, o caixão com o dirigente chegou à sede do Botafogo, em General Severiano, por volta das 16h45, e foi carregado por familiares e amigos. Torcedores, amigos, familiares, dirigentes, personalidades e presentes no local receberam o corpo com muitos aplausos.

A família do dirigente tratou dos trâmites finais para a liberação do corpo no Rio de Janeiro, situação que acabou atrasando a chegada de Bebeto de Freitas à sede do Botafogo. No local, coroas de flores foram enviadas pela CBF, Fluminense e outros clubes de futebol do Rio de Janeiro. A Chapecoense foi um dos clubes de fora a se manifestar também oficialmente com flores.

Personalidades do esporte, principalmente do vôlei, esporte em que o dirigente ficou marcado, como o ex-levantador da seleção brasileira de vôlei Marcelinho e o técnico Bernardinho, acompanharam a chegada do corpo de Bebeto de Freitas.

Nelson Mufarrej, presidente do Botafogo, chegou à sede de General Severiano pouco antes das 15 horas para acompanhar ao velório de Bebeto. O clube carioca se manifestou, lamentando a morte. A primeira manifestação surgiu no site oficial do clube carioca, na tarde de terça-feira, quando colocou à disposição sua estrutura para a família do diretor.

A bandeira do Botafogo foi colocada em meio mastro pela direção, simbolizando o luto pela morte do ex-presidente da equipe. Bebeto de Freitas era torcedor do clube e dirigiu a equipe de 2003 a 2008.

EM BH. Bebeto de Freitas estava em sua terceira passagem pelo Atlético. Após apresentar o projeto do Galo de futebol americano, o dirigente passou mal e sofreu uma parada cardíaca. Ele chegou a ser atendido prontamente pelos médicos do clube, mas não resistiu. O corpo de Bebeto foi velado na sede do Atlético, na manhã desta quarta-feira. O corpo do ex-diretor atleticano saiu da sede do alvinegro pouco antes das 11 horas no carro da funerária. Depois, o caixão seguiu de avião para o Rio de Janeiro.

Fonte:O Tempo

Deixe uma resposta