Diretoria se reúne com representantes da Caixa, mas renovação só será definida em Dezembro.

O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, foi a Brasília na tarde desta quinta-feira e se reuniu com o mandatário da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi. A reunião, que contou com a presença do presidente da Câmara dos Deputados, o alvinegro Rodrigo Maia, foi divulgada pelo “Extra” e confirmada pelo GloboEsporte.com. No encontro, tanto o clube quanto o banco manifestaram a intenção de renovar o patrocínio para 2018.

Ou seja, o acerto está encaminhado, mas ainda não significa uma renovação propriamente dita. A parte financeira e modelo de parceria serão discutidos em dezembro, após as eleições do clube. O Botafogo, que recebe atualmente R$ 10 milhões da estatal, espera aumentar o valor e aposta na ideia de naming rights do Estádio Nilton Santos para dobrar o patrocínio para R$ 20 milhões. Atualmente, o banco vem estampando sua marca no peito e nas costas do uniforme alvinegro.

O Botafogo vinha tentando o patrocínio da Caixa desde o início do ano passado e o considera de suma importância, ainda mais em tempos de crise no país. Na época, a estatal anunciou um montante de R$ 83 milhões em patrocínios e fechou as portas aos clubes que não estavam em sua relação. Mas em General Severiano nunca viram o cenário como desistência, e Carlos Eduardo Pereira manteve diálogos constantes com o banco. Quando a “Viton 44” saiu, o espaço de maior valor da camisa alvinegra ficou vago de abril de 2015 a setembro de 2016.

Globoesportes

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *