Apesar de negativas anteriores, diretoria apresenta nova proposta para Gilberto.

A busca pela camisa 9 do Botafogo parece não ter fim, e o plano A de sempre voltou à pauta mais uma vez. Após a negativa do Vitória em liberar Kieza, Gilberto é de novo o foco do Alvinegro. Nos últimos dias, a diretoria procurou novamente o empresário Sandro Zardo e apresentou uma nova oferta, com salário um pouco maior e metade do valor das luvas de R$ 1 milhão pedidas.

O clube agora faz um trabalho de “convencimento”, uma vez que a preferência de Gilberto é jogar no exterior. Internamente em General Severiano, há quem já admita fazer um contrato só de um ano ao invés de duas temporada, como era a ideia inicial da diretoria. Os novos termos agradaram, mas o Botafogo vai precisar ser paciente e persistente para ganhar a concorrência.

Aos 28 anos e livre no mercado desde que saiu do São Paulo em dezembro, Gilberto tem recebido consultas do futebol asiático, e o rico mercado oriental pode ser a chance de fazer o último grande contrato da carreira. Alguns clubes já apresentaram propostas, como o Avispa Fukuoka, do Japão, o Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul, e outro da China que não teve o nome divulgado.

Gilberto segue de férias, mas vem mantendo a forma em academia enquanto define futuro (Foto: Reprodução)Gilberto segue de férias, mas vem mantendo a forma em academia enquanto define futuro (Foto: Reprodução)

Gilberto segue de férias, mas vem mantendo a forma em academia enquanto define futuro (Foto: Reprodução)

As janelas de transferências internacionais da Ásia vão até março, e Gilberto não tem pressa. Ao menos até o final de janeiro ele quer esperar outras propostas para decidir o futuro. E caso não vá para o exterior, o Botafogo vira uma opção. Para isso, o Alvinegro teria que apostar no escuro, arriscar sem garantia de sucesso no negócio e começar o Carioca só com Brenner de camisa 9.

Após contratar quatro reforços, o Botafogo busca um centroavante para fechar o elenco para o estadual. Até o momento, foram anunciados oficialmente os atacantes Rony e Leandro Carvalho, o meia-atacante Luiz Fernando e o meia Renatinho. Apesar da carência na lateral esquerda, a diretoria vai analisar Gilson e Yuri no Carioca antes de decidir buscar peça no mercado.

Globoesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *