Depois de fracassar nas negociações por Bergson, diretoria mira em Rodolfo do Capivariano

nquanto espera respostas de Rildo e Gilberto, o Botafogo se movimenta no mercado atrás de nomes para compor o elenco. Após perder Roger e Guilherme, o ataque continua sendo a prioridade da diretoria, que viu o alvo Bergson, artilheiro da Série B, acertar com o Atlético-PR. O Alvinegro não quis entrar em leilão e estuda outro destaque do torneio como alternativa: Rodolfo.

O atacante de 25 anos marcou 10 gols em 30 jogos com o Boa Esporte na Segunda Divisão (veja no vídeo acima) e chamou a atenção do Botafogo pela velocidade e finalização. Ele joga flutuando pelos lados do campo e tem no chute de longa distância a sua especialidade. A diretoria já consultou valores para um contrato de dois anos e estuda investir R$ 700 mil na compra de 50% dos seus direitos econômicos.

Rodolfo pertence ao Capivariano, de São Paulo, e estava emprestado ao Boa Esporte, onde foi campeão da Série C do ano passado, até o fim da temporada. O atacante também acumula passagens por Jacutinga-MG, Elosport-SP, Rio Branco-SP, Bragantino-SP, CRB e São Bernardo-SP. O Botafogo pode ser seu primeiro grande clube no futebol brasileiro.

Mapa da Série B

Fora da Libertadores e com poucos recursos para investir, o Botafogo vislumbra na Segundona uma espécie de peneira mais viável para novas apostas. Por isso, não é de hoje que o clube vem mapeando jogadores no campeonato. O atacante André Luis, do Santa Cruz, por exemplo, chegou a ter um acordo apalavrado, mas o negócio esfriou. Silvinho, atacante do Criciúma, e Giovanni, meia ex-Náutico, foram outros nomes analisados.

Globoesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *