Com a vergonhosa não classificação para Libertadores, o maior desafio para 2018 será equilibrar as finanças.

O Botafogo não se classificou para a Copa Libertadores e por isso mesmo a diretoria vai precisar trabalhar muito para não ter a sua receita reduzida de maneira tão drástica para 2018.

O impacto, como muitos falam, não se deve apenas ao valor pago por jogos, uma vez que neste quesito a Copa Sul-Americana, competição que o clube alvinegro não jogou este ano, ameniza os efeitos.
O primeiro impacto é nos direitos de transmissão. Além de quem disputar a Sul-Americana receber menos, não existe fase de grupos e nem as preliminares, que na Copa Libertadores deste ano o Botafogo encontrou Colo-Colo e Olimpia.

São menos jogos, menos TV e menos bilheteria. A visibilidade na busca de patrocínios também cai, em um calendário onde as duas competições continentais, inclusive, disputam datas.

Outra preocupação do Botafogo é manter ativo a maioria dos sócios-torcedores, que fizeram o time alvinegro bater recordes esse ano. Foram mais de R$ 14 milhões em arrecadação e o desafio é manter os valores nesta faixa.

“O Botafogo sempre trabalha no sentido de aumentar as suas receitas e ser cada vez mais forte. O Botafogo tem qualidade para isso e empenho não falta. A política de pés no chão é fundamental ser mantida neste processo de reestruturação do clube. Mas estamos sempre confiantes”, explicou o presidente eleito Nelson Mufarrej.

Dentro de campo a diretoria trabalha no sentido de ter a maior parte do elenco definida no dia 3 de janeiro, quando o plantel se reapresenta. Algumas posições são consideradas carentes e estão merecendo uma melhor atenão, como a lateral esquerda, a criação no meio-de-campo e o comando de ataque. A ideia é tentar fechar pelo menos duas contratações ainda esta semana e renovar contratos pendentes.

A pré-temporada, pelo segundo ano consecutivo, vai ser realizada no Espírito Santos e no dia 11 de janeiro tem amistoso contra o Rio Branco. A estreia no Campeonato Carioca, primeiro jogo oficial, será contra a Portuguesa, provavelmente em 17 de janeiro.

ESPN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *